O Que Constitui Infidelidade no Casamento?

Determinar por que as pessoas traem é uma resposta difícil de precisar.

As pessoas geralmente têm casos extraconjugais porque sentem que está faltando algo em seu relacionamento atual, seja atenção, gratificação sexual, afeto ou apoio emocional.

Pessoas viciadas em drogas ou álcool também são mais propensas a ser infiéis aos seus parceiros.

Levando esses fatos em consideração, algumas pessoas em relacionamentos felizes têm casos pela simples razão de que podem.

Você está preocupado porque seu cônjuge está sendo infiel?

Se você suspeita que um flerte inocente se transformou em algo mais profundo e você pode estar se perguntando: O que constitui infidelidade no casamento?

Esse artigo investiga profundamente o que é infidelidade e como você determina que um cônjuge cruzou os limites predefinidos em um relacionamento.

O Que Constitui Infidelidade no Casamento?

Aprendendo o que constitui infidelidade no casamento

Todos esperam fidelidade quando entram na união matrimonial, mas o vínculo um ao outro sob a lei nem sempre significa que você consegue o que deseja.

Então, o que constitui infidelidade no casamento? O que é considerado traição em um casamento?

A infidelidade no casamento é ultrapassar tudo o que você e seu parceiro decidiram que significava quando se tornaram um casal.

Você pode achar que seu marido beijar outra mulher é errado, mas não necessariamente está traindo.

Você pode achar que o fato de sua esposa ter um caso emocional com seu amigo é pior do que ter um relacionamento puramente físico com outra pessoa.

Ou talvez você sinta que não há margem de manobra e que trair no casamento é trair de qualquer forma.

A definição de infidelidade ou definição de traição no casamento tem conotações diferentes para pessoas diferentes.

A definição de infidelidade no casamento pode ser amplamente atribuída à violação do contrato ou entendimento mutuamente negociado e acordado de um casal em relação à exclusividade emocional e / ou sexual.

Sinais de infidelidade conjugal

Observar os sinais de infidelidade pode ajudá-lo a decidir como deseja proceder, seja entrando em aconselhamento matrimonial e decidindo permanecer juntos ou pedindo o divórcio.

Se você suspeita que seu cônjuge está te traindo e você está querendo abrir um processo contra ele, é melhor observar os sinais de infidelidade o mais cedo possível. Os sinais comuns incluem:

  • Distância emocional
  • Mais tempo gasto no “trabalho” ou fora da cidade
  • Cônjuge excessivamente crítico
  • Dedicar mais tempo com sua aparência (ir à academia, comprar roupas novas)
  • Maior desejo de privacidade, especialmente com dispositivos de tecnologia
  • Falta de sexo ou mudança drástica no comportamento sexual

Diferentes tipos de traição em um relacionamento

O que é considerado traição em um relacionamento? Vamos dar uma olhada na definição de traição em um casamento, legalmente.

Legalmente, a traição em um casamento geralmente consiste em duas pessoas ter um relacionamento sexual com pelo menos uma das partes estando casada com outra pessoa.

Infelizmente, na vida real, trair não é uma definição tão simples.

Existem muitas vias de infidelidade, desde ligações emocionais a encontros virtuais. A infidelidade online é outro desafio para um casamento feliz e saudável.

Não importa a forma que assuma, todos os tipos de traição são devastadores para o casamento.

Aqui estão algumas das formas mais comuns de traição hoje:

  • Casos emocionais: Casos emocionais às vezes podem doer mais do que a infidelidade sexual. Ter um caso emocional significa que, embora seu parceiro não tenha necessariamente um relacionamento sexual com essa pessoa, os sentimentos dele cruzaram o limite para a intimidade emocional. Isso geralmente envolve compartilhar detalhes pessoais com essa pessoa e tratar a conexão como se fosse um relacionamento romântico.
  • Casos físicos: Inclui toque sexual mútuo, cópulas orais, sexo anal e sexo vaginal. Isso envolve a presença de ambas as partes. A infidelidade no casamento é dolorosa quer o caso tenha durado três dias ou três anos.

Formas comuns de casos físicos

O que é traição em um casamento? Para definir a traição em um relacionamento, é importante entender as formas comuns de traição em um relacionamento sério.

  • Casos de uma noite: Um caso de uma noite significa que seu parceiro traiu apenas uma vez e acabou aí. Provavelmente não era nada mais do que uma atração física sobre sexo e nada mais. Independentemente das circunstâncias, o caso acabou depois daquela noite.
  • Casos de longo prazo: em oposição a um caso de uma noite, esse tipo de caso continua por muitos anos. Em vez de simplesmente estar em uma conexão física, quando seu parceiro estabelece um relacionamento romântico com outra pessoa e, em certo sentido, cria uma vida separada com ela, isso é um caso de longo prazo.
  • Traição por vingança: Depois de ser traído, alguns podem sentir uma onda de raiva que cria a necessidade de “se vingar” da parte que traiu. Se você traiu no passado e seu parceiro não foi capaz de lidar com seus sentimentos sobre o assunto, ele pode ter revidado e traído por vingança.

O que determina legalmente 'traição'?

O fato lamentável é que você e a lei têm definições diferentes sobre o que constitui infidelidade no casamento.

Se você está processando legalmente seu cônjuge depois de descobrir o caso dele, você e a lei podem ter ideias conflitantes sobre o que constitui infidelidade em um casamento.

A partir da celebração do casamento, os companheiros passam a ter direitos e deveres recíprocos, previstos no artigo 1566 do Código Civil de 2002, bem como disposto:

Artigo 1.566. São deveres de ambos os cônjuges:

  • I - fidelidade recíproca;
  • II - vida em comum, no domicílio conjugal;
  • III - mútua assistência;
  • IV - sustento, guarda e educação dos filhos;
  • V - respeito e consideração mútuos.

O dever de fidelidade reciproca é imposto por lei e advém da estrutura monogâmica adotada no Brasil, sendo que, apesar de o adultério não ser mais considerado uma infração penal, ainda são produzidos efeitos decorrentes de tal ato. Entretanto, a bigamia é considerada crime.

Por exemplo, a lei comumente não aceita casos emocionais como base para registrar adultério. Entretanto, no artigo 927, dispõe o Código Civil de 2002, que:

Art. 927. Aquele que, por ato ilícito (artigos. 186 e 187), causar dano a outrem, fica obrigado a repará-lo.

Parágrafo único. Haverá obrigação de reparar o dano, independentemente de culpa, nos casos especificados em lei, ou quando a atividade normalmente desenvolvida pelo autor do dano implicar, por sua natureza, risco para os direitos de outrem.

O artigo 186, Código Civil, indica quem comete ato ilícito, sendo dever reparar quem foi por ele lesado, como já exposto no art. 927, deste mesmo Código.

Artigo 186. Aquele que, por ação ou omissão voluntária, negligência ou imprudência, violar direito e causar dano a outrem, ainda que exclusivamente moral, comete ato ilícito.

Às vezes, coisas que você considera uma quebra grave em seus votos matrimoniais podem não ser reconhecidas pelo sistema judicial.

Em regra, o mero descumprimento dos deveres conjugais não gera o dever de indenizar. Entretanto, caso fique provado um dano, mesmo que moral e caracterize lesão a um direito da personalidade, quem o causou, deverá ser responsabilizado civilmente, sendo obrigado a repará-lo.

Conclusão

O que constitui infidelidade no casamento é entre você e seu cônjuge.

Discuta de forma aberta e honesta o que vocês dois consideram o ponto de ruptura da confiança em seu relacionamento. Se você estiver se recuperando das consequências de um caso, não tenha medo de procurar ajuda.

Aprender o que legalmente constitui infidelidade em um casamento é uma informação importante, especialmente se você estiver pensando em entrar com uma ação judicial contra seu parceiro.

Postar Comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem