Perdoe Para Ter Um Casamento Feliz - Casamento Forte

Perdoe Para Ter Um Casamento Feliz

O perdão pode restaurar e salvar um casamento de ser dilacerado pela raiva e tem o poder de restaurar a paz e a felicidade.

Neste artigo, compartilharei um estudo de caso de uma esposa que chamaremos de Amanda. Amanda estava com o parceiro há 12 anos.

Recentemente, o marido dela não voltou para casa uma noite. Mais tarde, ela ficou sabendo que ele passou a noite com uma ex namorada.

Embora ele implorasse para que ela o perdoasse, Amanda não conseguiu fazer isso porque sentia-se muito zangada.

Apenas a ideia de perdoá-lo a fazia se sentir uma idiota. E embora ela escolheu não terminar o casamento, ela continua a lutar com problemas da raiva.

O que você acha? Amanda deveria perdoar seu esposo traidor? Só ela pode tomar essa decisão, é claro.

Apenas alguns casamentos sobrevivem à infidelidade, mas é possível. De fato, alguns casamentos são conhecidos por se fortalecerem após uma traição.

Existem vários equívocos sobre o perdão que Amanda, e outras pessoas como ela, devem saber que podem ajudar com qualquer problema de raiva.

Perdoe Para Ter Um Casamento Feliz

Equívoco # 1: Quando Você Perdoa, Você Deve Esquecer o Que Aconteceu.

Isso não é verdade. Só porque você perdoou seu cônjuge de traição não significa que você deve esquecer o que ele fez.

Se você consegue lembrar-se da experiência particular sem sentir a dor, então perdoou verdadeiramente seu cônjuge.

Equívoco # 2: Perdão é Igual a Aprovação.

Ao contrário desta opinião, você pode perdoar um cônjuge de traição sem aprovar suas ações.

Mesmo que você o perdoe, o cônjuge que traiu precisa reconhecer que suas ações foram injustas, infiel e inaceitáveis. Deixe-o saber que ele violou sua confiança, mas que você está escolhendo perdoá-lo.

Equívoco # 3: Perdoar Alguém Exige Que Você Diga a Ele Que o Perdoou.

Você não precisa dizer ao seu cônjuge que você que o perdoou - apenas perdoe-o. A verdade é que é o suficiente você perdoar sem realmente dizer a ele que você o perdoou. Perdão é um processo que leva tempo.

Equívoco # 4: Perdão = Confiança Imediata.

Escolher perdoar alguém e depois escolher confiar nele novamente são dois problemas separados e devem ser tratados como tal.

Mesmo depois de ter perdoado seu cônjuge, a reconstrução da confiança leva tempo. Na verdade, apenas uma pessoa de saúde mental questionável confiaria em seu parceiro imediatamente após a violação de sua confiança.

Pode também fazer a parte ofensora sentir que tem permissão para continuar sendo infiel. A mensagem precisa ficar clara de que o cônjuge que traiu deve recuperar a confiança do parceiro por meio de um comportamento consistente e fiel.

Equívoco # 5: O Perdão Cria Automaticamente Bons Sentimentos em Relação ao Seu Cônjuge.

Só porque você escolheu perdoá-lo, não significa que você estará emocionalmente preparada para sentir amor por ele imediatamente. Neste ponto, ser neutro é bom o suficiente.

Infelizmente, alguns casais nunca resolvem seus problemas de casamento e são forçados a seguir caminhos separados.

Equívoco # 6: O Perdão é Instantâneo.

Isso não é inteiramente verdade. O perdão completo pode levar tempo. No entanto, se você realmente quiser desfrutar de um casamento feliz novamente, então você deve aprender e oferecer o verdadeiro perdão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!