Sete mitos comuns sobre o casamento

Sete mitos comuns sobre o casamento
Estas expectativas irrealistas podem causar estragos em seu casamento.

Com demasiada frequência os casais começam a vida conjugal com suposições falsas e mitos sobre o casamento. Estes criam expectativas irrealistas e fazem com que alguns desistam do relacionamento antes mesmo de ter uma chance de crescer.

Aqui estão sete mitos comuns sobre o casamento para você refletir.

1. Um bom casamento não precisa de trabalho e dedicação.

Muitos de nós acreditam que se duas pessoas se amam, tudo fluirá naturalmente entre eles. Mas a verdade é que todo casamento exige um investimento consciente e diário. Como a maioria das coisas na vida, se um casamento é deixado de lado ou ignorado, ele tende a atrofiar e gradualmente se desfará. Como qualquer coisa significativa, a persistência e a dedicação é a chave.

2. Meu cônjuge tem que me fazer feliz.

Embora possamos trazer muita alegria e amor na vida um do outro, a responsabilidade pela nossa própria felicidade e crescimento na vida continua a ser nossa. Um casamento prospera quando ambos os cônjuges estão felizes o suficiente com eles mesmos para ser capaz de dar a atenção e afeto um ao outro. Saiba se O Seu Casamento Está Sofrendo De Transtorno De Déficit De Afeto?

3. O amor conquista tudo.

Pode não parecer importante nos estágios iniciais de um relacionamento, mas ter valores diferentes do seu cônjuge pode se tornar um obstáculo enorme mais tarde, especialmente se vocês estão pensando em ter filhos e discordar sobre como vocês desejam criá-los. Não se case com alguém que tem crenças radicalmente diferentes das suas. O amor não conquista tudo. Ele se dissipa muito rapidamente quando você tem que enfrentar a realidade de comprometer o que é mais importante para você.

4. As pessoas mudam.

Podemos pensar que nosso cônjuge vai desistir do hábito que abandonamos quando estávamos namorando. Ou que ele será mais atencioso. Ele estará mais atento. Ela se tornará mais religioso. Ele vai parar de assistir a tantos jogos esportivos. Mas a verdade é que a maioria das pessoas não muda após o casamento. Pode levar uma vida de trabalho duro para mudar um traço de personalidade. O casamento pode nos ajudar a crescer, mas não devemos esperar que nossos cônjuges mudem por nós.

5. Os filhos nos aproximarão.

Sim, os filhos são presentes que nós valorizamos mais do que qualquer outra coisa em nossas vidas. Mas eles não vão "consertar" ou ajudar um casamento. Em um casamento saudável, os filhos trazem momentos compartilhados de alegria e significado, mas também podem colocar uma quantidade significativa de estresse em um relacionamento. Casais com filhos precisam trabalhar ainda mais para se certificar de que eles estão dando a relação o tempo e carinho que ela precisa.

6. Em um casamento feliz não há discussão.

A verdade é que até mesmo os mais felizes dos casais discutem. São os casais mais distantes que são tão apáticos uns com os outros que não se incomodam em discutir quando discordam. Em um casamento saudável, os casais discutem e, em seguida, encontram uma maneira de resolver ou sair da discussão sem amargura ou desprezo.

7. O casamento não é para sempre.

Algumas pessoas entram no casamento pensando, vamos permanecer casados se.... Se o meu cônjuge estiver sempre atento e carinhoso, se o meu cônjuge ganhar dinheiro suficiente, se o meu cônjuge nunca for temperamental, se receber a promoção, nunca gritar ... O casamento é construído sobre o compromisso de permanecer leal através dos bons e dos maus momentos, na riqueza e na pobreza, na saúde e na doença, na mocidade e na velhice e etc.
Último
Próximo Artigo

artigo escrito por:

Pastor, web design, blogueiro profissional, autor do site "O Pregador" e vários outros projetos na internet. Adora compartilhar experiências e ajudar pessoas desenvolver o verdadeiro potencial

0 comentários: