Amar realmente significa nunca ter de pedir perdão?

Amar realmente significa nunca ter de pedir perdão?
Há um ditado que diz "Amar é jamais ter de pedir perdão". Essa filosofia certamente não é baseada na sabedoria convencional. É fato que haverá momentos que você vai ferir os sentimentos do seu cônjuge e seu cônjuge será obrigado a ferir o seu.

Será que amar o seu cônjuge significa que você não deve pedir perdão por fazer algo prejudicial? Talvez porque você ama alguém você deve especialmente se certificar de pedir perdão. Pedir perdão mostra que você se importa sobre como suas ações afetam seu cônjuge.

Saber como dizer que você está arrependido é uma história diferente. Algumas pessoas simplesmente não sabem o que fazer ou como pedir perdão. Para pessoas que não estão acostumadas a pedir perdão, podem se sentir desconfortáveis. Mas, pedir perdão ao seu cônjuge quando você está errado, pode percorrer um longo caminho para preservar o seu relacionamento. Se você quis ferir os sentimentos do seu cônjuge ou não, dizer que você está arrependido é uma ferramenta importante e que deve ser parte de todo casamento.

A desculpa defensiva

Há certamente desculpas que não são úteis. Por exemplo, dizer: "Lamento que seus sentimentos se feriram", não é provável que seja um pedido de perdão sincero. Desculpas como essas são muitas vezes usadas como uma tentativa de evitar assumir qualquer responsabilidade por fazer algo errado. Em vez de dizer: "Sinto muito pelo que fiz", a pessoa diz, "Sinto muito por você ser tão sensível".

Outros exemplos de desculpas defensivas incluem dizer coisas como: "Sinto muito que você não possa lidar bem com as coisas" ou "Sinto muito por ter que trabalhar tanto para sustentar a casa". Embora elas incluam as palavras, "sinto muito, me desculpe ou me perdoe", não são realmente um pedido de perdão.

Outras desculpas insinceras

Existem outras tentativas insinceras de se desculpar que não são úteis. Por exemplo, dizer: "Desculpe-me por ser sempre aquele que faz tudo errado!" Ou "Eu sei, como de costume, é minha culpa e sinto muito". Desculpar-se por sua existência não mostra sinceridade sobre a sua vontade de assumir a responsabilidade por seu comportamento.

Outra maneira que o pedido de perdão não funciona é quando as pessoas usam a oportunidade de apontar o que a outra pessoa faz de errado. Por exemplo, dizer: "Sinto muito que brigamos, mas você disse algo realmente ofensivo". Mais uma vez, esta não é uma maneira sincera de assumir a responsabilidade por seus próprios comportamentos.

As pessoas também tentam usar, "Eu estava apenas sendo honesto, lamento se a verdade dói", como um meio de justificar seu próprio comportamento. Embora seja verdade que às vezes há coisas que precisam ser ditas que podem prejudicar os sentimentos de alguém, não deve ser feito casualmente. Se você precisa falar com seu cônjuge sobre algo grave, é importante usar sabedoria para fazê-lo.

Além disso, as desculpas são algumas vezes usadas como um ataque preventivo. Por exemplo, dizer: "Perdão, mas eu simplesmente não gosto de sua mãe". Se você tem que pedir perdão primeiro, talvez você não está realmente arrependido e deve pensar duas vezes sobre o que você está prestes a dizer.

Como pedir perdão sinceramente

Olhe para a situação do ponto de vista do seu cônjuge. Desenvolva alguma compaixão por como seu cônjuge se sente. Lembre-se, só porque não é uma grande coisa para você, não significa que não deve ser uma grande coisa para o seu cônjuge. Se você esqueceu o aniversário dela e ela está ferida, é uma grande coisa. Ou se você disse algo sobre a mãe dele que o ofendeu, é uma grande coisa também.

Lembre-se que preservar o relacionamento é mais importante do que estar certo. Não tente concentrar-se em demasia em quem está certo e quem está errado. Em vez disso, concentre-se na solução para o problema.

Quando você não pode se desculpar

Às vezes, quando você não tem as palavras certas para dizer, escrever pode ser útil. Talvez você tenha feito um estrago grande. Ou talvez você simplesmente não consiga tirar as palavras da sua boca. Escreva uma carta ou uma pequena nota para seu cônjuge que assume a responsabilidade por seu comportamento, diz que você está arrependido e como você pode evitar fazer isso novamente no futuro.

Se você está com muita raiva para fazer um pedido de perdão sincero, você pode explicar a situação. Diga, "Estou muito chateado para pedir perdão agora. Eu vou me acalmar primeiro". Dizer que você está arrependido com os dentes cerrados com um tom irritado não vai ser eficaz de qualquer maneira. Então, tome algum tempo para se acalmar antes de tentar se desculpar ou pedir perdão.

Aceitando um pedido de perdão

Quando seu cônjuge pede perdão a você, é importante ser gentil. Concentre-se no fato de que seu cônjuge está tentando melhorar as coisas. Se você receber um pedido sincero diga "Eu lhe perdoo" e evite criticar as tentativas do seu cônjuge de se desculpar e tente não relembrar a ofensa ou oferecer lembretes como "Bem, você deve se arrepender". Em vez disso, mostre ao seu cônjuge como você pode ser gracioso e seu cônjuge será mais propenso a pedir perdão novamente no futuro.
Artigo Anterior
Próximo Artigo

artigo escrito por:

Pastor, web design, blogueiro profissional, autor do site "O Pregador" e vários outros projetos na internet. Adora compartilhar experiências e ajudar pessoas desenvolver o verdadeiro potencial

0 comentários: