3 limites saudáveis para estabelecer com seus pais depois do casamento

Os pais e os sogros podem desempenhar um papel importante na satisfação conjugal. Os limites que você estabeleceu ou não estabeleceu, terá impacto sobre o seu relacionamento de muitas maneiras. A falta de limites pode certamente causar uma série de conflitos conjugais e, infelizmente, pode levar ao divórcio.

Há muitas razões pelas quais as pessoas não estabelecem limites com os pais. Às vezes é a falta de compreensão dos limites saudáveis. Alguém que cresceu em uma família muito enredada pode não achar que é intrusivo para os pais estarem envolvidos nas principais decisões no casamento. No entanto, se o seu cônjuge tem ideias diferentes, pode levar a uma série de conflitos.

Às vezes as pessoas não estabelecem limites da culpa. Por exemplo, "Eu não quero dizer a minha mãe que ela não pode vir todos os dias porque ela está sozinha e eu me sinto mal". Em outros casos, é por medo. Por exemplo, "Eu não quero dizer ao meu pai que ele não pode ir com a gente para a praia, porque ele vai ficar louco".

3 limites saudáveis para estabelecer com seus pais depois do casamento

Embora permitir que os seus pais atravessem os limites podem ajudá-lo a tentar manter a paz no curto prazo, mas é provável que tenha consequências a longo prazo. Um casal não pode ser verdadeiramente um casal se há outras pessoas envolvidas em suas decisões. Um casamento saudável exige privacidade e intimidade, o que não é possível quando não há limites familiares saudáveis.

1. Limites financeiros

Permitir que os seus pais estejam envolvidos em suas finanças uma vez que você é casado pode ser desastroso. Embora muitas vezes começa com a melhor das intenções, mas pode azedar rapidamente. Por exemplo, se seus pais lhe emprestam alguns milhares de Reais para ajudá-lo a comprar um carro novo, muito em breve eles podem querer saber como você pode se dar ao luxo de ir à praia ou a churrascaria, se você não pagou o dinheiro que lhe emprestaram. Descubra nesse artigo Pontos essenciais para estabelecer limites no casamento

Quanto você ganha, o tipo de dívida que você tem e seu orçamento pessoal não precisa ser negócio de nenhuma outra pessoa. Se você e seu cônjuge concorda em falar com um dos pais em segredo para pedir conselhos ou para obter um pouco de ajuda com suas contas, certifique-se de que ambos estão de acordo com o que isso poderia significar.

Se seus pais estão constantemente tentando convencê-lo que você não pode se dar ao luxo de morar nesse apartamento ou que você realmente não precisa de um novo sofá, isso vai gerar conflitos no casamento. Como um casal, vocês precisam ser capazes de tomar decisões financeiras juntos sem pressão ou influência externa que não é bem-vinda.

2. Limites emocionais

Uma vez que você se casa, seu cônjuge deve ser o seu grande confidente e fonte de apoio emocional. No entanto, algumas pessoas ainda se voltam para seus pais para serem sua principal fonte de apoio quando há um problema ou quando elas precisam de conselhos. Isso certamente vai impedir que você e seu cônjuge tenham um relacionamento verdadeiramente íntimo.

Por exemplo, se você está preocupado com o seu trabalho, fale com o seu cônjuge, não com sua mãe. Ou se você está animado porque você recebeu um aumento, certifique-se de que sua primeira chamada é para o seu cônjuge e não seus pais. Estes tipos de coisas realmente ajudam a separar o seu relacionamento com seu cônjuge de seus outros relacionamentos. Veja Problemas com sogra: limite, diálogo entre o casal e respeito para um relacionamento saudável

Seu parceiro precisa ser a pessoa que lhe dá o maior apoio. Certamente deve haver outras pessoas em sua vida que o anima e ajuda-o, mas o seu cônjuge deve ser a pessoa que você vai em busca de ajuda e apoio. Se seus pais são usados para cumprir essas necessidades para você, pode ser complicado no início mudar o foco para o seu cônjuge, mas se você continuar estabelecendo limites, ao longo do tempo, fica mais fácil.

3. Limites físicos

Os limites físicos incluem coisas como o seu espaço físico, que pode ser a sua casa ou seu apartamento e seu tempo. As famílias com limites pobres podem ter pais que acampam em suas casas por longos períodos de tempo, sem serem convidados ou que ocupam muito do tempo livre do parceiro.

Obviamente, pode haver razões pelas quais estes limites precisam ser alterados, por vezes. Se você caiu em tempos difíceis e precisa se mudar para a casa dos seus pais por um tempo, você pode achar esses limites físicos um pouco turvos. Ou se você tem pais idosos que precisam de muita ajuda, é provável que eles vão ocupar muito do seu tempo.

No entanto, é importante definir limites que você e seu cônjuge se sintam confortáveis. Se você não quer que a sua sogra lave a sua roupa, diga e fale sobre isso com o seu cônjuge. Ou se você não quer que seus pais estejam em sua casa todas as noites, estabeleça alguns limites que ajudarão você a ter um momento de intimidade com o seu cônjuge.
Artigo Anterior
Próximo Artigo

artigo escrito por:

Pastor, web design, blogueiro profissional, autor do site "O Pregador" e vários outros projetos na internet. Adora compartilhar experiências e ajudar pessoas desenvolver o verdadeiro potencial

0 comentários: