As emoções são contagiosas: O que isso significa para o seu casamento?

As emoções são contagiosas: O que isso significa para o seu casamento?
As emoções podem realmente ser como um resfriado. Passe tempo suficiente com os outros, e é muito provável você pegar o que eles têm (ou sentir). É importante dar uma olhada em como as emoções podem afetar seu casamento ou relacionamento.

O que diz a pesquisa

Durante décadas, pesquisadores têm estudado como nossas emoções passam para os outros. O que eles descobriram é o que um monte de gente já deve ter notado; que tendemos a desenvolver emoções semelhantes às pessoas que nos rodeiam.

Nossos cérebros estão programados para perceber o que as outras pessoas estão sentindo. Temos algo chamado neurônios-espelho em nosso cérebro que nos faz imitar o que vemos. Por exemplo, muitas pessoas choram quando veem alguém chorar. Ou talvez você sorri quando alguém sorri para você. Passe tempo com pessoas felizes e será mais provável que você se sinta feliz. Cerque-se de pessoas rabugentas e você pode encontrar-se queixando e reclamando com mais frequência.

Escolha seus amigos sabiamente

Uma vez que captamos as emoções daqueles ao nosso redor, é importante escolher seus amigos sabiamente. Você não pode escolher sua família, seu chefe ou seus colegas de trabalho, mas você pode escolher seus amigos. Assim, faz sentido procurar aqueles que tendem a ser pessoas felizes.
Junto com uma atitude positiva sobre a vida, cerque-se de pessoas que também têm atitudes positivas sobre seus próprios casamentos. Um amigo que fala positivamente sobre o próprio casamento e seu cônjuge pode ajudá-lo a se sentir mais positivo sobre o seu próprio casamento.

Por outro lado, um amigo que constantemente reclama de como o casamento arrasta-o para baixo e impede-o de desfrutar o tipo de vida que ele quer; também pode ser contagioso. Se seus amigos se concentram no negativo e tem uma atitude pessimista, pode passar para você.

Se você tem amigos que estão lhe influenciando negativamente, lembre-se uma das alegrias de ser uma pessoa adulta é que você começa a ter opções. Limite a quantidade de tempo que você gasta com pessoas que não são boas para sua saúde mental. E passe mais tempo com as pessoas que veem o copo meio cheio. Veja nesse artigo sobre Os Vampiros Emocionais: 6 personalidades que sugam o seu bem-estar emocional

Examine como suas emoções afetam seu cônjuge

Dê uma olhada em suas emoções e como elas provavelmente afetam o seu cônjuge. Por exemplo, você chega na porta, logo que você chega em casa do trabalho e reclama do seu dia? Se assim for, você pode estar começando a noite com o pé errado. Provavelmente isso pode colocá-los tão para baixo, que não conseguirão estabelecer exatamente a cena de amor e romance.

No entanto, se você tende a ser um pensador otimista, positivo com uma boa atitude, você pode ajudar seu cônjuge a ver as coisas de um ângulo diferente. Você não tem que agir de maneira falsa quando próximo de seu cônjuge ou forçar fingir uma atitude positiva, mas tente não ficar preso em uma rotina. Se você franze a testa, resmunga e aflige mais do que elogia, sorri e elogia, você pode causar um impacto não saudável no seu cônjuge.

Aprenda a tomar o controle de suas emoções. Você não é uma vítima quando se trata de sentimentos. Há coisas que você pode fazer para cuidar de suas emoções. Mude seus pensamentos e comportamentos e provavelmente você vai se sentir melhor. Force alguns pensamentos positivos, faça algo diferente e mantenha-se ativo, isso pode mudar um mau humor em um estado de espírito muito melhor.

Examine como as emoções de seu cônjuge afetam você

Esteja ciente de como o humor do seu cônjuge afeta você. Se você é abençoado por se casar com um cônjuge positivo e feliz, espero que isso ajude o seu estado de ânimo a se manter otimista. No entanto, todo mundo tem dias ruins e é importante que esses dias ruins não o derrube também.

Se você é casado com uma pessoa menos feliz e positiva, dê uma olhada em como isso pode estar afetando você. Se o seu cônjuge está tendo um dia ruim, você deixa isso te derrubar? Pode ser fácil, por vezes, essas emoções negativas serem contagiosas, mas você não tem que deixá-las ser.

Quando seu cônjuge está de mau humor, seja proativo. Você não tem que afundar com o navio. Tome medidas para cuidar de si mesmo e proteger o seu humor. Se o seu cônjuge não está sentindo vontade de fazer algo divertido, isso não significa que você tem que ficar em casa e lamentar junto com ele. Em vez disso, tome medidas para proteger suas emoções e permaneça o mais positivo possível.

Quando ambos estão de bom humor, você é muito mais propenso a se sentir mais feliz sobre seu relacionamento. Portanto, o desenvolvimento de uma perspectiva positiva pode fazer uma grande diferença em seu casamento. Tome medidas para controlar suas emoções.

Procure ajuda profissional

Se você ou o seu cônjuge estão lutando para controlar suas emoções é importante procurar ajuda profissional qualificada. Um conselheiro qualificado pode ajudá-lo com ferramentas de aprendizagem para melhorar o seu humor, isso pode ser muito útil para o seu casamento. E se o seu cônjuge está deprimido, considere procurar ajuda para si mesmo para aprender a prevenir-se de tornar-se deprimido também.
Artigo Anterior
Próximo Artigo

artigo escrito por:

Pastor, web design, blogueiro profissional, autor do site "O Pregador" e vários outros projetos na internet. Adora compartilhar experiências e ajudar pessoas desenvolver o verdadeiro potencial

0 comentários: