Finanças no casamento: 3 Perguntas que você e seu cônjuge deve fazer

Finanças no casamento: 3 Perguntas que você e seu cônjuge deve fazer
Com o clima econômico como está, muitos casais estão lutando com a manipulação e a priorização dos seus compromissos financeiros. Diante de tal dificuldade, muitos casais são forçados a se privar de muitas coisas porque o salário no final do mês não basta para fazer face às despesas. É em momentos como estes que as finanças em um casamento muitas vezes pode ser uma grande fonte de conflito e discórdia. Pequenas coisas podem crescer e o futuro pode começar a parecer impossível.
 
Como as gerações antes de nós aprenderam, durante tempos financeiramente difíceis, os casais precisam trabalhar juntos para evitar muitos problemas no casamento gerados por gastos excessivos e discordância. As despesas que já foram consideradas incidental são o tipo de coisas que agora têm de ser cuidadosamente pensadas. Muitos casais acreditam que a situação financeira pode melhorar muito quando ambos os cônjuges compreendem e chegam a um acordo sobre como o dinheiro deve ser gasto.

É um desejo ou uma necessidade?

Milhares de Reais em marketing são gastos anualmente para nos convencer de que não podemos viver sem "seja o que for". Temos sido induzidos a comprar por impulso, desde coisas realmente uteis a objetos inúteis que nunca vamos usar. Antes de fazer uma compra extra, pergunte-se se é algo que você realmente precisa ou é algo que você quer impulsivamente. Muitos problemas no casamento podem ser evitados simplesmente prestando mais atenção às nossas necessidades versus os nossos desejos.

Realmente sabemos como está a nossa situação financeira?

É quase impossível você e seu cônjuge se unir e desenvolver um orçamento que seja financeiramente sólido se você não está plenamente consciente de sua posição monetária. Você e seu cônjuge deve passar tudo a limpo, desde seguro de vida, fundos para faculdade, aposentadoria, poupança, endividamento, deficiência de longo e curto prazo, hipotecas e outras opções financeiras. Demasiadas vezes os casais não falam ou mesmo consideram essas coisas até que uma tragédia ocorre. Aproveite o tempo, tão difícil como possa estar, avalie os gastos e desenvolva o hábito de poupar. Uma vez que vocês estiverem conscientes da situação financeira do casal, vocês podem fazer a gestão financeira como uma equipe.

Estamos preparados no caso de uma emergência?

Fazer um planejamento financeiro para o inesperado pode ajudar a sua família a evitar o que poderia se tornar uma catástrofe financeira. E se um de vocês perdesse o emprego? Como você lidaria com as contas médicas de longo prazo ou despesas com carro ou em casa? Os problemas financeiros só agravam as situações já difíceis e potencialmente criam uma crise no casamento. Certifique-se de que você e seu cônjuge tem um plano financeiro, como poupança ou seguros para ajudar a aliviar a carga de despesas inesperadas e indesejadas.
 
Embora as questões financeiras são tratadas de forma diferente em cada casamento, muitos dos problemas que ocorrem devido a dificuldades financeiras são os mesmos. Os sentimentos de estar oprimido e com medo são comuns para a maioria dos casais. Não hesite em procurar ajuda através de aconselhamento ou outros profissionais, se você não sabe como lidar com os problemas do casamento relacionados a problemas de dinheiro. Não deixe que a situação financeira lhe impeça de salvar seu casamento.
 
Se este artigo lhe ajudou de alguma forma, por favor compartilhe-o nas redes sociais usando os links abaixo para que possamos ajudar e incentivar outras pessoas também!
Artigo Anterior
Próximo Artigo

artigo escrito por:

Pastor, web design, blogueiro profissional, autor do site "O Pregador" e vários outros projetos na internet. Adora compartilhar experiências e ajudar pessoas desenvolver o verdadeiro potencial

0 comentários: