7 Sinais de um casamento fracassado

A menos que alguém seja completamente vicioso, ninguém entra em um casamento com a intenção de destruí-lo, no entanto, a taxa de divórcio continua a ser elevada e os casais, mesmo que não se divorciem, muitas vezes são infelizes e em casamentos sem amor.

Por estar ciente do que você pode estar fazendo em seu casamento que poderia eventualmente destruí-lo, você pode criar um relacionamento bem-sucedido e florescente. Não deixe o seu casamento fracassar. Leia os sinais e siga as dicas para tornar seu casamento mais forte.

Aqui estão sete sinais que devem ser observados:
7 Sinais de um casamento fracassado
1. A complacência. Só porque você se apaixonou não significa que você vai viver felizes para sempre. O casamento exige esforço. Permaneça interessado em seu cônjuge, falando sobre suas vidas, seu trabalho e seus relacionamentos. Mas seja cuidadoso não bombardeando o seu cônjuge com conversas sem sentido ou reclamações intermináveis para que você eventualmente não deixe o seu cônjuge enojado. Procure ajuda terapêutica para problemas crônicos.
 
2. Tomar um ao outro por concedido. Não presuma que o seu casamento é infalível. Certamente você já ouviu histórias de casais que romperam quando pensavam que tinha o casamento perfeito. Isso pode acontecer se você só vê os defeitos de seu cônjuge e esquecer como ele é especial para você. Demonstrar e falar apreciação diária. Pequenos gestos não tomam tempo e percorre um longo caminho. Comece e termine o dia com apreciação.
 
3. Não prestar atenção. O seu cônjuge tem um mal humor repentino, irritado, distante, triste ou desinteressado? Ou excessivamente feliz ou preocupado com sua aparência? Ou será que houve uma morte, um novo emprego, ou qualquer grande mudança de vida, mesmo que seja positiva? Preste atenção a estes sinais ou eventos. Eles podem sinalizar problemas, como um caso, uma doença (física ou mental), uma perda de emprego, ou mudanças de renda. Nenhum sinal é muito pequeno para se resolver. Se você está prestando atenção, e sente que algo não está certo, responda as preocupações e inquietudes de seu cônjuge.
 
4. Não passa tempo suficiente juntos. É claro que todos nós temos vidas ocupadas e interesses individuais, mas você se casou para ter companheirismo e parceria. Não se esqueça disso e certifique-se de programar tempo para estar a sós um com o outro. Fazer coisas juntos, que você costumava amar fazer. Deixe as crianças em casa, esqueça o seu trabalho por um tempo e se concentre apenas em seu parceiro. Se não, vocês vão se tornar estranhos.
 
Leia também: Como se tornar um melhor amigo para o seu cônjuge
 
5. Falta de comunicação. Se você não está conectando verbal, física ou emocionalmente, sua falta de comunicação causará problemas conjugais. Nada é resolvido por não falar ou distanciar-se de seu cônjuge. Faça disso uma prioridade para fazer tempo para se comunicar um com o outro. A comunicação aberta cria relacionamentos saudáveis.
 
Leia também: 5 Traços dos bons ouvintes
 
6. Questões varridas para debaixo do tapete. Ninguém gosta de conflito, mas questões varridas para debaixo do tapete, em última análise, causa mais danos do que enfrentá-las diretamente. Você acha que os problemas vão desaparecer por não falar sobre eles, mas na realidade eles ganham impulso até que, eventualmente, eles causem estragos e cause ressentimento. Resolva os conflitos, aprendendo as habilidades de resolução de conflitos. Isso irá mudar o potencial de desastre para o potencial de uma relação maravilhosamente conectada.
 
7. Assuntos não resolvidos. A maior causa de relacionamentos fracassados são os assuntos não resolvidos. Estas são as lutas que se repetem e aumentam com o passar do tempo; dando-nos a sensação desesperadora de que nada vai mudar ou vai ser o mesmo novamente. A raiz desses assuntos se aprofunda por isso é fundamental saber sobre o que você está realmente brigando. Cada indivíduo tem uma ferida pessoal e história que é o cerne desses assuntos repetitivos que cria a sua única "questão central", que poderia ser o problema do abandono, o controle, a raiva, etc. Ao conectar sua questão central ao assunto atual, casais podem abrir a comunicação e a conexão e encontrar uma solução em vez de repetir o mesmo assunto uma e outra vez.
 
"Se você não se livrar dos fantasmas que assombram seus assuntos, você nunca vai parar de lutar!"
 
Leia também: 18 Dicas que irão fortalecer (e talvez até mesmo salvar) seu casamento
 
Não há nenhuma razão para que você não possa fazer do seu casamento um sucesso. Seguindo essas diretrizes conjugais, a recompensa é enorme... você começa uma experiência enriquecedora, saudável e um relacionamento duradouro com a pessoa que você ama.
Artigo Anterior
Próximo Artigo

artigo escrito por:

Pastor, web design, blogueiro profissional, autor do site "O Pregador" e vários outros projetos na internet. Adora compartilhar experiências e ajudar pessoas desenvolver o verdadeiro potencial

0 comentários: