7 Perguntas a fazer antes de se casar

Como Pastor, eu converso com um monte de casais que estão planejando se casar. Eu também converso com pessoas solteiras que gostariam de se casar algum dia.

A escolha de um cônjuge é uma das decisões mais importantes que uma pessoa pode fazer, por isso é uma decisão que precisa ser abordada com muita oração e planejamento. Infelizmente, muitos casais passam mais tempo se preparando para a cerimônia de casamento do que realmente gastando preparando para o casamento que vai seguir, e eles ficam tão animados sobre se casar, que eles não têm tempo suficiente para considerar se eles realmente estão se casando com a pessoa certa para eles.
7 Perguntas A Fazer Antes De Se Casar

Existem milhares de perguntas que você deve considerar antes de entrar em um casamento, mas para ajudá-lo, eu as reduzi a algumas das mais importantes. Esta é uma lista de sete perguntas que eu acredito que cada pessoa deve se perguntar antes de se casar.

1. Eu gosto dessa pessoa?

Eu sei que isso parece ser uma pergunta redundante, mas realmente não é. Eu converso com muitos casais que dizem que "ama" o outro, mas quando passa todos esses sentimentos românticos, não há amizade no cerne do relacionamento. Casar com alguém que você gosta de sair, sem uma forte amizade, eu acredito que esse casamento está destinado ao fracasso. Não basta se casar com alguém que você ama ... case com alguém que você gosta!

2. Sou atraído (a) por mais do que sua aparência?

A atração física é sem dúvida importante, mas a aparência vai mudar. Essa garota torneada ou esse rapaz de corpo atlético que você está namorando agora vai ficar muito diferente daqui a 40 anos! Você precisa ter certeza de que você está atraído (a) para quem essa pessoa realmente é, e não apenas pela aparência física.

3. Eu quero essa pessoa para ser o pai ou a mãe dos meus filhos?

Antes de se casar, você precisa perguntar mais do que "Eu quero que meus filhos se pareçam com esta pessoa?" Você precisa se perguntar: "Será que eu quero que meus filhos sejam como esta pessoa?"

4. Posso ser quem eu sou quando estou junto dessa pessoa?

Isso é importantíssimo. Se você sente que você tem que ser outra pessoa quando está junto com seu cônjuge em potencial, não se case! Não há nada mais desgastante do que fingir ser alguém ou alguma coisa que você não é para ter a aprovação da outra pessoa. O seu cônjuge deve considerar as melhores características de quem você é, mas nunca tentar mudar quem você é.

5. Essa pessoa fortalece a minha fé?

Como cristão, eu acredito que o projeto de Deus para o casamento é que marido e mulher se unam com Cristo no Centro. Sem Ele, no centro, o casamento acabará por ruir. Case com alguém que não apenas compartilha sua fé, mas também reforça a sua fé. O seu cônjuge deve leva-lo para mais perto de Jesus, não o arrastar para mais longe.

6. As pessoas que me amam, acham que formamos um bom casal?

Se a sua família e amigos que te ama a maioria não acha que você não é bom um para o outro, então por favor, olhe além dos seus sentimentos e pese cuidadosamente se você vai se casar com a pessoa certa. Você precisa de um cônjuge que vai fortalecer os laços familiares, não colocar uma enorme pressão sobre eles. Se a sua família ama seu noivo (a), é um ótimo sinal! Se não, considere seriamente o seu próximo passo.

7. Posso permanecer comprometido com esta pessoa, não importa o que aconteça?

Vivemos em um mundo onde as pessoas gostam de desistir de qualquer coisa no momento em que se torna difícil. O núcleo de seu casamento não são os sentimentos que mudam ... é o compromisso que nunca muda. Quando você diz "eu aceito" o que você está realmente dizendo é "Eu vou" Eu estarei aqui para você e com você durante os altos e baixos da vida.
 
Se você encontrar alguém que concorda e aceita e se encaixa nessas perguntas e você pode fazer o mesmo por ela, então eu acredito que você está no caminho para ser "felizes para sempre". Ore muito, planeje bem e diga "eu aceito" com confiança e alegria!
Artigo Anterior
Próximo Artigo

artigo escrito por:

Pastor, web design, blogueiro profissional, autor do site "O Pregador" e vários outros projetos na internet. Adora compartilhar experiências e ajudar pessoas desenvolver o verdadeiro potencial

0 comentários: